top of page

A musicalidade africana – A origem do jazz

A princípio, podemos tomar como ponto de partida para este texto, a localidade de nascimento do jazz e a sua forte influência africana.


Portanto, Nova Orleans, nos EUA, foi seu ponto de origem, no final do século XIX.

A decisiva influência africana veio da cultura popular e da criatividade das comunidades negras que viviam nesta localidade.

No entanto, um outro fator presente na constituição do jazz, foi a religiosidade. Assim, este estilo se desenvolveu em meio a uma diversidade religiosa, e o que mais figurou nestas miscigenações foi a afro-americana.

No entanto, não podemos esquecer das canções de trabalho, e do blues, como base desta música tão rica e criativa.

Estrutura musical

Em sua estrutura musical, esta música trazia, a blue note (nota blue), nota de passagem que fundamentou todo cromatismo melódico posterior e a chamada e resposta de forma sincopada que proporciona um verdadeiro diálogo melódico

Além disso, o jazz possui polirritmia e improvisação desde os estilos originários, passando pelo bebop até chegar ao free jazz.

Em suas melodias trazia também a influência de notas com swing do ragtime.

Porém, quanto a sua instrumentação, o jazz atual é bem aberto a várias experimentações. Contudo, em sua origem em Nova Orleans, os instrumentos eram típicos de bandas marciais.

Assim, se utilizavam de: metais (trompete, trombone, saxofone), instrumento de palheta( clarinete) e bateria.

Origem melódica do jazz

Basicamente, as melodias utilizadas neste estilo são as trazidas pelos escravos em seus cantos. Vale lembrar que havia inúmeras restrições para os agrupamentos de escravos, desde a separação de suas tribos até a proibição do uso de tambores.

Estas restrições eram feitas pelo medo de revoltas que poderiam surgir. Para os brancos donos de terras, com os instrumentos de volume muito alto como os tambores, eles poderiam se comunicar a distâncias.

No entanto, o canto permaneceu, pois eram permitidos e até incentivados pelos chefes das plantações. Isto por serem colaboradores na produção e no plantio.

Neste sentido, podemos dizer que o jazz teve como raiz principal os cantos de trabalho (work songs), estilos que vão aparecer nas penitenciárias americanas dos anos 60.

Assim, esta canções chegaram também ao porto de nova Orleans por estivadores negros.

No entanto, já é perceptível nestas canções o carácter complexo e a polirritmia do jazz.

Música europeia e africana

Outra influencia que o jazz tem em sua formação, era a musicalidade adquirida do negro enquanto eram escravos. Pois os donos de plantações incentivam o aprendizado de música e instrumento.

No entanto, isso era feito por um motivo nefasto e negativo. Ou seja, para aumentar o valor de venda dos escravos. Fato que originou a influência da música branca à cultura negra.

Este fato fez surgir o cakewalk na dança negra, que era uma paródia da dança branca. Vale lembrar que a transformação da música e dança da cultura branca pela cultura negra se deu também no Brasil, na origem do estilo “chorinho”.

Tanto no choro barosileiro como no jazz, aconteceu a incorporação da síncopa ( deslocamento do tempo forte) a melodia de raiz europeia.

Nos EUA, esta incorporação surgiu com a mistura da música clássica europeia com o ritmo sincopado africano. Além disso, esta mistura se deu também no mesmo ritmo sincopado acrescentado aos hinos religiosos de origem europeia.

O florescimento do jazz após a escravatura

Posteriormente a abolição da escravidão em 1863, os negros foram se adaptando aos instrumentos ocidentais.

Esta miscigenação ocorre também com os aspectos melódicos, rítmicos e harmônicos.

No entanto, por volta de de 1890 esta mescla sonora toma corpo em Nova Orleans, Louisiana, principalmente no bairro de Storyville, onde havia muitos bares (Honky Tonks).

Todo crescimento desta musicalidade mesclada entre a música folclórica, música negra e também influências europeias originam os seguintes estilos em Nova Orleans: Ragtime, blues e Spirituals

Tipos de jazz

Hoje os estilos de jazz são muitos, pois eles foram resultados de evoluções que aconteceram em várias épocas. Desta forma até hoje figuram os seguintes estilos:

  • Big bands: primeiro estilo de jazz, surgido de bandas marciais com percussão metais, e instrumentos de palheta como clarinete. No entanto, com a sua evolução nos anos 30, figuram grandes nomes: Billie Holiday, Ella Fitzgerald e Louis Armstrong

  • Bebop: Nos anos 50, o jazz passa a ser mais rápido e com improvisações mais complexas, os nomes mais importantes deste estilo são: Charlie Parker, Dizzy Gillespie e Bill Evans.

  • Cool Jazz: nas décadas de 70 e 80 surge um jazz com linha melódicas maiores e com mais influências de músicas de todo o mundo, figura neste estilo o nome de miles davis

  • Free jazz: Este jazz é aberto a muita experimentações nas tonalidades, no ritmo, beirando ao atonalismo e com grandes níveis de dissonâncias. O nome principal deste estilo é John Coltrane

  • Fusion Jazz: Também nas décadas de 70 e 80 surge o jazz fusion, que é uma mescla de jazz com rock. Os nomes que figuram neste estilo são: Herbie Hancock, Miles Davis e bandas como: Mahavishnu orchestra e Weather Report


49 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Komentáře


bottom of page